Eu fazendo confusão…

Mudei de endereço, porque na verdade, voltei para um endereço antigo:

https://meiobossanova.wordpress.com/

Até lá!

 

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Alta noite já se ia

 

Bato no teclado que faz um barulho alto, a menina já foi se deitar, e eu penso que esta talvez seja uma lembrança remota que ela venha a ter da infância: a mãe ao computador, esse som do teclado que é o único som da casa, muitas e muitas noites, quando ela vai dormir.

Eu espero a casa silenciar para escrever. Organizar minhas ideias, seja para o trabalho, seja para o diário, que mantenho há muitos e muitos anos.

Um assunto que tem me ocupado no diário é escrever, para mim, o que tem sido esses dias de golpe branco que vivemos no Brasil. Quero me lembrar como eu vivi isso. Contar que chorei, em Brasília, no dia 12 de setembro, no banheiro da UNB, enquanto meu objeto de estudo, essa ideia abstrata de democracia, ia se esvaindo de forma contundente perante os meus olhos e de toda uma nação.

Publicado em Uncategorized | 10 Comentários

Blog sobre como faz para ter um blog

Veja bem. Eu descobri que posso ter um blog cujo assunto verse sobre o tema: como faz ter um blog? Dada minha ignorância absoluta em lidar com a coisa toda.

Depois da verdadeira saga para colocar o templeite no blog, ontem mesmo descobri que os comentários do meu blog necessitam da minha aprovação. Desde quando? Como fiz isso? E como desfaz? Não descubro por nada nesse mundo.

Outra coisa é que eu adoraria trocar a imagem principal do blog. Qual o quê. Mas acho que isso até é fácil, o lance é que eu não sei qual seria essa imagem tão bacana assim que eu poderia colocar ali e ficaria tão legal e eu gostaria tanto. Enfim. Isso nada tem a ver com ignorância, mas tem a ver com “como faz para ter um blog”, então me mantive no assunto até o final do post que nem ficou tão textão assim, vai.

Publicado em Uncategorized | 8 Comentários

Central do Textão

Hoje eu passei o dia me debatendo para colocar o banner da Central do Textão ali do lado. Essa foi a forma de resgatar esse blog que, há tempos, eu venho tentando retomar. A ideia da Tina, de retomarmos o textão, de juntarmos nossos links na Central, essa linda ideia, dá um quentinho no coração, porque remete aos dois mil e três, acho, quando conheci muita gente bacana, e éramos mesmo uma comunidade (!) de blogs, e dali saíram amizades e toda uma vida virtual que eu adoro, prezo, e em grande medida, mantenho, mas, espero, agora também volte a ler, cada vez mais, e mais, e em textões. Start!

Publicado em Uncategorized | 10 Comentários

Eu só falo de mim II

Comecei esse blog no fim de 2013, ficou só para mim, aí parei. E tô voltando. É isso. Voilà.

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

De um lado para outro

Vinte e sete de dezembro, uma sexta-feira que parece sábado. Todos os dias dessa semana parecem sábado, porque marido não trabalha no dia seguinte, então fica sendo assim, um fim de semana sem fim.

Nesses dias, estou às voltas, também, com meu texto de qualificação, e estou bastante feliz com isso. Não que seja fácil, com este calor todo que faz em São Paulo neste dezembro. Não, fácil não é. Pegar no tranco, pegar um ritmo, começar. E ir. Mas é gostoso. 

Nunca pensei que me veria escrever isso, é gostoso escrever um texto de qualificação. Mas então porque fazer um doutorado? Bom, há muitos motivos para se fazer um doutorado. No meu caso, me parece, encontrei um prazer em fazer isso. Acho que estou dizendo uma coisa interessante, acho que estou construindo algo relevante. E tem sido ótimo aprender a ser pesquisadora. Então nem reclamo de trabalhar entre natal e ano novo. Porque eu quero mesmo fazer isso.

E esse aprendizado, e esse envolvimento com minha tese, anuncia outras coisas na vida. Uma sensação de envolver-me. Uma sensação nova, que ainda não sei bem nomear. É uma mudança, é como se eu estivesse prestes a partir de um ponto da minha vida, para outro ponto. É como se fosse um salto. Será um salto? Eu não sei bem o que é. Mas ano novo abre possibilidades, e lá vou eu. 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Eu só falo de mim

Lendo num blog: pensamentos obsessivos, sentimentos tóxicos, drenam a energia.Pois eu tenho conseguido perceber, em mim, esses pensamentos, esses sentimentos. Tenho conseguido deixar passar, até mesmo bloquear.

Tenho sentido uma vontade enorme de viver mais desarmada. Desarmar, desarmar. Cada vez mais. Aceitar, aceitar a vida, aceitar as pessoas.

E vou me achando legal, bonita, generosa. Cuidadosa com minha filhota. E alegre, alegre, quero ficar alegre.

Hoje caí. O Alexandre disse: pensa positivo. E é isso.  Pensar positivo. Não como o cínico, que não vê o feio, o cruel, o injusto. Mas como quem precisa criar uma filha de dois anos neste mundo. Ver o bonito também, e mais.

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário